Rio Branco, Acre,


Na silêncio da noite, infratores da lei jogam pacote de celulares no presídio de Sena

Eram 7 celulares, sendo 4 aparelhos normais e 3 mini celulares em perfeito estado de uso, além de outros acessórios

Policiais penais lotados no presídio estadual Evaristo de Moraes – UPEM, em Sena Madureira, fizeram mais uma grande apreensão de aparelhos celulares, carregadores e fones de ouvido arremessados por cima da muralha por criminosos não identificados. Esta semana a guarda da unidade já havia bloqueado outra tentativa de enviar celulares para presidiários, o que é vetado pela Lei de Execução Penal.

De acordo com a coordenação de segurança, na passagem desta quinta para sexta-feira (04), por volta da meia noite, os PPs observaram o exato momento em que infratores pararam uma moto em frente a muralha e jogaram um embrulho que caiu entre os blocos. Eram 7 celulares, sendo 4 aparelhos normais e 3 mini celulares em perfeito estado de uso, além de outros acessórios.

PUBLICIDADE

“Os objetos foram recolhidos antes de chegar as mãos dos presos, no entanto, não conseguimos imobilizar quem jogou”, disse um policial.

Esta semana, havia sido registrada outra apreensão no mesmo modus operandi. A unidade prisional de Sena Madureira fica no perímetro urbano da cidade, ao lado da BR-364, o que facilita a ação de comparsas na hora de jogar ilícitos para os internos. Entretanto, as tentativas têm sido repelidas com veemência pela vigilância permanente na muralha.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up