Rio Branco, Acre,


Pesquisa revela que Netflix tem mais assinantes do que a TV paga no Brasil

Dado dos Bernstein Research revelaram que a plataforma de streaming já bateu a marca de 17 milhões de assinantes no país

Não há dúvidas de que o streaming está cada vez mais estabelecido no mercado brasileiro. De acordo com dados divulgados em agosto pela Bernstein Research, empresa de pesquisa dos Estados Unidos, a Netflix bateu, pela primeira vez, o número de assinantes da TV Paga no Brasil.

Segundo a Bernstein, que faz apurações dirigidas a investidores em Bolsa de Valores, o serviço de streaming já ultrapassou a marca dos 17 milhões de assinantes no Brasil. O país fica atrás apenas dos Estados Unidos.

PUBLICIDADE
Netflix
Netflix. Foto: reprodução

Em comparação, a TV a cabo teria aproximadamente 15 milhões de assinantes, de acordo com dados da Anatel. Os números revelam, ainda, uma queda em relação aos últimos quatro anos, quando o modelo batia na casa dos 19 milhões.

Apesar de se tratar apenas da Netflix, a pesquisa demonstra o sucesso geral do streaming do país nos últimos meses. A Kantar Ibope também informa que, no último mês de maio, a soma dos serviços sob demanda superou a TV por assinatura na disputa pela audiência pela primeira vez na história do mercado brasileiro.

Chris Hemsworth em cena do filme Resgate
Chris Hemsworth em cena do filme Resgate. Foto: reprodução

A Netflix não revela dados referentes ao serviço mas, em setembro de 2019, confirmou ter “mais de 10 milhões de assinantes” no Brasil. Segundo a pesquisa, o crescimento da plataforma se deve ao pioneirismo no mercado de streamings no país, em 2011.

Além disso, outro motivo citado seria que o consumidor brasileiro se mostra disposto a pagar por este tipo de serviço. Por fim, a empresa explica que o brasileiro aprecia a programação em inglês oferecida — fazendo mais sucesso inclusive do que títulos em português.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up