Rio Branco, Acre,


Xuxa sobre religiosos contrários a aborto de menina estuprada: “Não perdoo”

A apresentadora escreveu sobre o caso da garota de 10 anos que ficou grávida após ser estuprada pelo tio

Em sua última coluna para a revista Vogue Brasil, Xuxa analisou o caso de estupro de uma criança de 10 que chocou o Brasil no últimos mês. “Ouvir esta história me deu arrepios no corpo todo”, afirmou a contratada da Record TV.

Para ela, saber que existiam pessoas torcendo para que a vítima não realizasse o aborto, livrando-a de um trauma que a perseguiria pelo resto da vida, lhe deixou ainda mais incrédula. “Por que, ao invés disso, não ajudaram a divulgar informações sobre o tio que estava foragido para os órgãos responsáveis?”, questionou a apresentadora.

PUBLICIDADE

Além de perguntar aos seus leitores por qual motivo poucos ajudaram na investigação contra o monstro que arruinou a infância de uma menina, a rainha quis entender como tantos se valeram da fé para demonizar a criança.

“Ok, então Deus me perdoe também, mas eu não perdoo ninguém que teve a mínima chance de proteger essa menina e não o fez. Eu não perdoo quem, nesse momento, está sabendo ou vendo algo parecido e não faz nada para proteger uma criança de um ato tão cruel”, escreveu, mostrado-se revoltada com o fato de muito terem usado o nome de Deus para justificar que a menina deveria tornar-se mãe aos 10 anos.
A colunista terminou o seu grandioso texto dizendo que, nesses momentos, gostaria de realmente ter uma nave e superpoderes para levar todos esses baixinhos para outro planeta, mais seguro, e clamou para que todos fizessem a sua parte. “Tenho certeza que mundo seria bem melhor se cada um procurasse melhorar e ajudar pelo menos uma pessoa”, finalizou.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up