32.3 C
Rio Branco
26 julho, 2021 12:37 pm

Duarte culpa Minoro por estar de fora de debate do DCE: “O comunismo me tirou”

POR SAIMO MARTINS, DO CONTILNET

Candidato à prefeitura de Rio Branco, Roberto Duarte (MDB) não está entre os cinco escondidos para participar do debate promovido pelo Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal do Acre (DCE/ UFAC)z na noite deste sábado (24), em Rio Branco. O emedebista acredita que o pedido de retirada partiu de maneira proposital, e não descarta que seu adversário, Minoru Kinpara (PSDB), esteja por trás da manobra. Outro que ficou de fora foi o candidato Jamyl Asfury (PSC).

“Quando soube do debate do DCE recebi uma denuncia que um adversário meu, candidato a prefeito, exigiu que me retirassem do debate do DCE. Infelizmente, o comunismo me tirou”, declarou.

Ao saber que não estaria no evento, imediatamente Duarte procurou o responsável pelo DCE para esclarecer o assunto. “Ele me confirmou que houve um pedido nesse sentido, mas que eu iria participar”, disse em entrevista ao ContilNet.

“Para minha surpresa, eu não fui ‘selecionado’ para o debate, o que me causou muita estranheza! Respeito a democracia e, principalmente, a decisão do DCE, mas considero lamentável que meus adversários fujam do debate comigo”, argumentou.

O candidato diz que lamenta que o DCE, uma representação estudantil histórica que sempre zelou pela ampla participação democrática de ideias, se submeta a ingerência. “Outra questão que também me excluiu do debate foi o efeito Bolsonaro, do qual eu apoiei e apoio, além de receber apoio”, finalizou.

O debate do DCE ocorre na noite deste sábado, às 19h, por meio do Youtube.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.