Rio Branco, Acre,


Mourão sobre recursos para o Renda Cidadã: “Não tem de onde tirar”

O vice-presidente confirmou que o governo federal voltou atrás sobre a proposta de usar precatórios e recursos do Fundeb para o programa

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), afirmou nesta quinta-feira (1º/10) que o governo federal recuou da proposta para financiar o Renda Cidadã com recursos de precatórios e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básico (Fundeb). A iniciativa foi descartada pelo ministro Paulo Guedes, da Economia.

“Esse assunto já virou a página. Já acabou. [O governo] voltou atrás. Provavelmente, não vai usar [recursos de precatórios ], e do Fundeb acredito que também não”, disse o vice, em coletiva de imprensa.

PUBLICIDADE

Sem confirmar se o Planalto estuda desistir do novo programa de assistência social, que seria criado para substituir o Bolsa Família, Mourão declarou que o governo “não tem de onde tirar” recursos, e que “essa é a realidade”.

“Se você quer colocar um programa social mais robusto que o existente, você só tem uma de duas linhas de ação: ou você vai cortar gastos em outras áreas e transferir esses recursos para esse programa, ou então você vai sentar com o Congresso Nacional e propor algo diferente, uma outra manobra, que seja fora do teto de gastos, com imposto específico e que seja aceito pela sociedade. Não tem outra solução”, encerrou Mourão.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up