Rio Branco, Acre,


Ação de Alan Rick garante segunda etapa das obras de interligação do Calafate e Dias Martins

Em 2016 os recursos das emendas de bancada não eram impositivos

O trabalho parlamentar do deputado federal Alan Rick, na viabilização de recursos para a prefeitura de Rio Branco segue garantindo a melhoria da mobilidade urbana da Capital. Nesta quinta-feira, 19, o parlamentar recebeu a boa notícia de que os recursos para a segunda etapa das obras de pavimentação e drenagem da Travessa Beija-Flor, que interliga o Calafate à região da Chácara Ipê e Dias Martins, no valor de R$ 1.135.036,50, já estão na conta da prefeitura.

Oriundos do Programa Calha Norte do Ministério da Defesa, estes recursos fazem parte de uma emenda de bancada do exercício de 2016, quando Alan Rick era o coordenador da bancada federal do Acre em Brasília. Em 2016 os recursos das emendas de bancada não eram impositivos.

PUBLICIDADE

“Foi um trabalho árduo garantir estes recursos. À época, as emendas não eram impositivas. Mas com muito esforço do nosso mandato, estes recursos estão na conta da prefeitura para a conclusão da obra (a primeira etapa ficou pronta no final do ano passado) garantindo a melhoria da mobilidade urbana e da qualidade vida dos moradores da regional do Calafate”, destaca o parlamentar.

CRECHE DA CIDADE DO POVO

Outra boa notícia do mandato do deputado Alan Rick foi a liberação, também nesta quinta-feira, de R$ 122.898,05 para prosseguimento das obras de uma creche na Cidade do Povo que estão sendo realizadas com recursos viabilizados pelo parlamentar junto ao FNDE. O valor total da obra é R$ 2.048.300,76 e destes, R$ 1.372.278,13 já foram liberados.

“Tenho trabalhado pelo aumento das vagas de creches durante todo meu mandato. Já entregamos escolas e creches e viabilizamos a construção em praticamente todo estado. Seguimos trabalhando pela educação das nossas crianças”, finalizou Alan Rick.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up