Rio Branco, Acre,


Acusado de matar caseiro na chácara da família de Petecão vira réu

A defesa de Mauricelio terá o prazo de 10 dias para responder a acusação

O presidiário Mauricelio Gomes Pereira, denunciado pelo latrocínio do caseiro que trabalhava na chácara da família do senador Sérgio Petecão, passou da condição de acusado para réu no processo.

A decisão foi do juiz da Vara de Delitos de Roubos e Extorsões, Clóvis de Souza Lodi. A partir de agora terá início a ação penal do processo, que é a produção de provas no âmbito da Justiça. A defesa de Mauricelio terá o prazo de 10 dias para responder a acusação.

O caso

Argemiro de Figueira Farias, de 73 anos, foi encontrado morto no dia 25 de junho deste ano, na chácara que pertencia a mãe do senador Sérgio Petecão. O cadáver já estava em elevado estado de decomposição, já que o crime, segundo a perícia, teria ocorrido dois dias antes.

Mauricelio Gomes foi preso um mês depois durante uma ação de investigadores da Delegacia de Combate a Roubos e Extorsões da Polícia Civil.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up