24.3 C
Rio Branco
12 junho, 2021 3:40 pm

Acusados pelo latrocínio de policial civil tem prisões preventivas decretadas

POR ASCOM

A Juíza Andrea da Silva Brito homologou o flagrante dos dois maiores acusados pelo latrocínio do policial civil Francisco Santos da Silva.

Ainda na audiência de custódia, realizada na tarde de terça-feira (10) a magistrada decretou a prisão preventiva de Luiz Fernando da Costa Ferreira e Naelisson Silva do Nascimento, ambos de 18 anos.

[Foto: Cedida]
Os acusados foram presos na noite de segunda-feira (9) pelo latrocínio – roubo seguido de morte, que vitimou o policial civil aposentado Francisco Santos da Silva, de 63 anos. Envolvido, um adolescente também foi apreendido. Os três confessaram participação no crime.

Chico Santos, como era mais conhecido, foi morto com um tiro na perna durante um assalto ocorrido na tarde de segunda-feira.

Para a juíza Andrea Brito, a prisão preventiva tem como finalidade “a garantia da ordem pública, da ordem econômica, por conveniência da instrução criminal ou para assegurar a aplicação da lei penal”, escreveu a magistrada em um dos trechos da decisão.

Como os acusados foram pegos em flagrante, a Polícia Civil tem o prazo de 10 dias para finalizar o inquérito.