Rio Branco, Acre,


Artigo: Eu voto Socorro Neri por mim e por você

Bethe Oliveira é autora de “Loucas e Bruxas, Bruxas e Loucas: contos e poeminhas”.

Não podemos dizer que é como a água e o vinho quando não se trata da diferença pura e simples da composição química da matéria, mas podemos afirmar, sem feridas no peito ou degelo no coração, que Socorro Neri não é feita da mesma matéria de Bocalom se considerarmos que “somos feitos da mesma matérias dos nossos sonhos” e quem não sonha com uma vida de prosperidade?

Bem sei que a candidatura da Socorro é ousadia de mulher no seu direito acelerado e teimoso de mudar o mundo, uma fome de justiça que ultrapassa o direito humano de um prato de comida, quando se deseja a boa-venturança de uma ceia: saúde integral, educação de qualidade, cidade inclusiva, trabalho e renda para todos e um lugar digno para morar e ser feliz.

Ouvi um dia desses na fila do mercado, uma pessoa esbravejando “também… o que ela quer metida em política?”. Ele se referia ao fato dela ser a única mulher entre os demais candidatos ao cargo que ela mesma já ocupa – prefeita de Rio Branco. Você já abriu bem os olhos para ver o que essa mulher na política fez em pouco tempo e pode fazer muito mais por nós nos próximos quatro anos? Quem trocaria, em sã consciência, a segurança de uma administradora honesta e comprovadamente justa pela incerteza da aventura com alguém que quer mais receber do que dar? Aliás, o que Bocalom tem em excesso que se possa doar a quem precisa? É loucura trocar o certo pelo despautério. É insano cair no discurso vazio e entregar ao “bom velhinho” o nosso futuro que está logo ali, aqui e agora.

Sei que pensar sobre o futuro é quase um pesadelo nessa pandemia, quando o presente nos pede urgência e nos consome, mas, por Deus, o que significa o seu VOTO que não seja o passaporte dos seus próprios sonhos? Eu não acredito que alguém possa se entregar a uma pessoa seca, limitada e fingida como ele. Quem é capaz de colocar em risco o nosso futuro comum? Agora, eles se juntaram para banir a força dessa mulher que nos representa e, mais uma vez vamos nos calar e engolir a nossa voz por vergonha de manifestar a nossa força contida? Não, não, a minha fome de ceia é exigente e me resume. Que lutemos pela Socorro como quem luta pela própria vida, afinal o mais temos de valor além dela? O meu voto é da Socorro 40, por mim, por você e por todas, todes e todos nós.

Bethe Oliveira é autora de “Loucas e Bruxas, Bruxas e Loucas: contos e poeminhas”.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up