Rio Branco, Acre,


Com 83 anos, idoso vai à urna em Rio Branco: “Quero o melhor para minha cidade”

"“Eu sei que estamos no meio de uma pandemia, mas eu senti a necessidade de vir"

O advogado José Eugênio de Leão, de 83 anos, não quis ficar sem dar o seu voto neste segundo turno das eleições em Rio Branco, mesmo não tendo obrigação, de acordo o que prevê a Constituição Federal.

“Eu sei que estou isento do voto obrigatório, mas decidi exercer o meu direito escolhendo o melhor para Rio Branco”, disse à reportagem do ContilNet.

Mesmo não tendo obrigação, seu José deu exemplo de responsabilidade/Foto: ContilNet

José, que é do grupo de risco para o coronavírus, disse que mesmo com a pandemia a sua saída de casa não foi interrompida.

“Eu sei que estamos no meio de uma pandemia, mas eu senti a necessidade de vir até aqui, com todos os cuidados, fazer a minha parte”, finalizou.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up