Rio Branco, Acre,


Covid: Modelo faz vídeo em necrotério onde entrou para identificar o pai

Atenção, as imagens compartilhadas pela modelo podem ferir as suscetibilidades de alguns leitores

Uma jovem russa registrou uma imagem de um necrotério, na Rússia, e na qual entrou para tentar identificar o corpo do pai, vítima de Covid-19.

Olga Kagarlitskaya, uma modelo de 37 anos, filmou um vídeo mesmo após a insistência dos funcionários do local de Samara, para não o fazer.

PUBLICIDADE

As imagens do necrotério surgem num momento em que muitos alegam que os números divulgados pelas autoridades russas não correspondem à realidade e que são bem maiores.

“Os dados das nossas autoridades é que morreram sete pessoas em Samara, mas aqui estão bem mais do que sete vítimas mortais”, afirma Olga.

A mulher conta que o pai era paramédico e que teria morrido no exercício das suas funções.

 

Olga denuncia ainda que as autoridades do país não estão a atribuir à Covid-19 a morte de muitos profissionais de saúde, como é o caso do seu pai, porque isso implicaria pagar indenizações às suas famílias. Pede, por isso, que se denuncie a situação.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up