Rio Branco, Acre,


Governo cria comissão que irá preparar concurso da Segurança Pública em 2021

Novos concursos podem estar por vir na Segurança do Acre

Novos concursos podem estar por vir na Segurança do Acre. Isso porque o governo do estado formou uma comissão conjunta na Secretaria de Segurança Pública que pode originar diversos editais.

O documento está assinado pelo secretário de Justiça e Segurança Pública, Paulo Cézar Rocha dos Santos e foi publicado no Diário Oficial.

De acordo com o documento, o objetivo é o de constituir e nomear comissão organizadora integrada com o objetivo de:

“Elaborar no prazo de 30 dias uma proposta de realização de concursos públicos para as Forças do Sistema Estadual de Justiça e Segurança Pública.”

E o documento informa que a portaria já está em vigor, contando com seis membros, distribuídos por meio de cada órgão da pasta, que devem ser contemplados com possíveis novos editais.

No entanto, é importante destacar que formar essa comissão não é a confirmação que estes editais serão divulgados, mas que um estudo será realizado. Mas, já é um grande indício do que pode vir pela frente no Estado do Acre em 2021.

A comissão é formada por servidore da Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) e Instituto Socioeducativo do Acre (ISE).

Sem ser essa comissão integrada da Secretaria de Justiça e Segurança Pública, a Polícia Civil do Acre já havia formado uma comissão organizadora em 2019, mas este concurso não foi para frente, por ora.

Na época, a corporação informoi à Folha Dirigida que aquela não seria, de fato, a confirmação de um novo concurso. Mas, por quê?

Porque, segundo a Polícia Civil, aquela equipe foi designada em virtude da últma comissão que tinha sido criada em 2017. A atual gestão do estado decidiu formar um novo grupo de trabalho para futuras seleções.

O representante da Polícia Civil na atual comissão integrada, delegado Getúlio Monteiro de Castro Teixeira, não estava presente naquele antigo grupo.

Enquanto uma nova comissão é formada, aprovados do último concurso seguem sendo convocados pelo governo.

Na última leva, foram chamados 202 policiais durante uma cerimônia no auditório da instituição.

Do total de profissionais convocados, são: 29 delegados, 22 escrivães, 131 agentes de polícia e 20 auxiliares de necropsia. Todos estão formados pela Academia de Polícia Civil (Acadepol).

“Temos problemas que só vamos conseguir amenizar reestruturando toda a área de segurança e aqui nós estamos vencendo, esse é um passo. Mesmo com a crise, nós estamos fazendo todo um realinhamento para que possamos honrar a nossa palavra.”

O prazo de validade vai até 2022, havendo a possibilidade de prorrogação por mais dos anos. O curso de formação, que foi a última etapa do concurso, teve sua conclusão em novembro de 2019.

É importante lembrar que foram 277 classificados na seleção. Desses, o governo já nomeou um grupo de 67 policiais em junho deste ano.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up