30.3 C
Rio Branco
17 junho, 2021 6:23 pm

Jogador profissional de Call of Duty morre de ataque cardíaco

POR METRÓPOLES

Maurice “Fero”, pro player americano que defendia o Florida Mutineers na Call of Duty League, morreu nessa terça-feira (10/11) à noite, aos 21 anos. A informação do falecimento foi dada pelo time do jogador.

Segundo o Florida Mutineers, “Fero” sofreu múltiplos ataques cardíacos. Nas redes sociais, houve comentários de que ele estava em depressão e a causa da morte seria suicídio. Esses boatos, no entanto, foram negados pelo time e pela família do gamers.

Veja os comunicados da equipe e da Call of Duty League:

“A família Mutineers, com tristeza, confirma hoje o falecimento repentino de Maurice ‘Fero’ Henríquez por múltiplos ataques cardíacos. Pelo pedido da família, declaramos que a sua trágica morte não foi um suicídio. Essa é a uma perda imensurável para sua família, amigos e nossa equipe da Florida Mutineers. Ele fará muita falta todos os dias – informou a organização nas redes sociais.”

“A Call of Duty League está de coração partido com a perda trágica de Maurice ‘Fero’ Henriquez. A sua falta será sentida durante a liga e por toda a comunidade de Call of Duty esports. Nossos corações vão para todos os fãs de Fero e seus familiares – publicou o twitter oficial da competição oficil de COD.”

“Fero” está no Florida Mutineers desde março deste ano e esteve na campanha do Call of Duty League Championship, no qual o time terminou em 7º/8º. Antes, ele integrou as equipes do 100 Thieves e Team Envy.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.