Rio Branco, Acre,


Médico israelense cospe em imagens de Jesus em atendimento contra covid-19

No Twitter, o serviço de ambulâncias Magen David Adom destacou que o profissional foi demitido após o incidente

Um médico israelense foi demitido após câmeras de segurança o flagrarem cuspindo em retratos de Jesus Cristo, durante visitas a residências para realização de testes de covid-19. De acordo com informações da BBC, Israel tem uma das maiores taxas de infecção do mundo.

Nas imagens, o médico aparece retirando os equipamentos de proteção e, em seguida, cospe em três imagens que ficam no corredor do bloco de apartamentos em Tel Aviv. Quando questionado sobre o motivo do ocorrido, o profissional da saúde afirmou que as imagens são uma forma de idolatria proibida pela bíblia hebraica.

PUBLICIDADE

No Twitter, o serviço de ambulâncias Magen David Adom destacou que o médico foi demitido e que “condena fortemente” as ações do homem, o considerando “indigno de representar a organização”.

O incidente aconteceu nesse domingo (15), quando o homem visitou o bloco de apartamentos que abriga, em sua maioria, moradores cristãos. Quando foi confrontado por um dos moradores, ele afirmou que: “No judaísmo, isso é idolatria estrangeira”. [Capa: Reprodução/Twitter]

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up