Rio Branco, Acre,


Pela primeira vez, Curitiba terá uma vereadora negra

Curitiba teve recorde de candidaturas femininas em 2020 na eleição majoritária

Curitiba terá pela primeira vez uma mulher negra na Câmara Municipal a partir de 2021. A escolhida foi a professora da rede pública Carol Dartora (PT).

Com pouco mais de 95% das urnas apuradas neste domingo (15), ela está no terceiro lugar geral e deve ajudar o PT a eleger ao menos mais dois vereadores na capital paranaense -hoje, o partido tem apenas uma cadeira.

“Uma cidade que rejeita sua negritude agora irá escurecer sua Câmara”, escreveu a petista no Twitter. Doutora em Educação, ela se descreve como feminista e militante de causas populares.

Pela primeira vez também, uma mulher é, até então, a candidata mais votada para a Câmara de Curitiba.

A auditora contábil Indiara Barbosa também deve ajudar seu partido, o Novo, a conquistar ao menos mais uma cadeira na Casa Legislativa.

Seguindo o posicionamento da legenda, Indiara não usou dinheiro pública para financiar a campanha.

Os gastos foram cobertos por arrecadação via vaquinha eletrônica ou doações em conta bancária.

“São pessoas que me ajudaram a representar os ideais do partido, a nova política. Esse é meu grande objetivo: uma nova política. E que venham mais pessoas que tenham esse mesmo objetivo de melhorar a cidade e o país por meio da política”, disse.

Curitiba teve recorde de candidaturas femininas em 2020 na eleição majoritária.

A melhor colocada entre as seis mulheres foi a deputada federal Christiane Yared (PL), que aparece em quinto lugar no pleito, com quase 4% dos votos.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up