Rio Branco, Acre,


Unimed informa que não há leitos disponíveis por conta da segunda onda de covid-19

Entidade pede o adiamento de consultas que não exijam urgência ou emergência

A Unimed Rio Branco anunciou na última terça-feira (17), por meio de ofício circular, que já não dispõe de leitos para atender os casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. A entidade explica que isso deve à segunda onda da doença que se instalou na cidade e à falta de estrutura para internações.

O documento solicita aos cooperados a suspensão de procedimentos eletivos que podem ser adiados – consultas programadas que não são de urgência e emergência –, com a finalidade de proteger os beneficiários do risco de contágio dentro das unidades hospitalares, além de evitar a ocupação de leitos que impossibilitariam a internação dos pacientes com covid.

Leia o conteúdo na íntegra:


Unimed Rio Branco Cooperativa de Trabalho Médico, neste ato, vem respeitosamente à presença de vossas senhorias expor e requerer o que segue.

Considerando a realidade atual com a segunda onda de contágios pelo SARS COV2 e o aumento significativo de casos;

Considerando o cenário da rede hospitalar assistencial que novamente encontra-se com indisponibilidade de leitos, especialmente para as internações dos beneficiários infectados pela covid-19;

Considerando que nossa unidade de Pronto Atendimento não dispõe de estrutura para internações, e já se encontra com pacientes aguardando vagas de internação.

Viemos solicitar a vossas senhorias a avaliação da possibilidade de suspensão de procedimentos eletivos que podem ser adiados, com a finalidade de protegermos os beneficiários do risco de contágio pela doença dentro das unidades hospitalares e, ainda, não ocuparmos os leitos e impossibilitarmos as internações dos pacientes covid.

Agradecemos a compreensão de todos:

Antônio Herbert Leite Militão
Vice-presidente e diretor administrativo financeiro da Unimed Rio Branco

Rodrigo Rodrigues Mariano
Superintendente da Unimed Rio Branco

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up