Rio Branco, Acre,


Após derrota e discussão com Gerson, Mano Menezes é demitido

O clube tricolor está na 16ª posição do Brasileiro, com a mesma pontuação do Vasco

Mano Menezes foi demitido do Bahia após a derrota por 4 a 3 para o Flamengo no Maracanã, neste domingo (20). O treinador chegou a dar uma entrevista à imprensa depois da partida. Ao final dela, antecipou a decisão.

“Vou dizer ao torcedor do Bahia que o presidente [Guilherme Bellintani] e eu tivemos uma conversa. Deve haver uma troca no comando de futebol do Bahia. É o momento de fazer essa troca”, afirmou o técnico, que havia chegado ao time em setembro.

O clube tricolor está na 16ª posição do Brasileiro, com a mesma pontuação do Vasco, 17º e primeiro na zona de rebaixamento.

Durante a partida, Mano Menezes e o jogador Gerson, do Flamengo, discutiram. O flamenguista o acusou de ser desrespeitoso e de minimizar um episódio racista que teria sido protagonizado por Juan Ramírez, atleta do Bahia.

Segundo o meio-campista da equipe carioca, o colombiano teria dito para ele: “Cala a boca, negro”.

Após a partida, o Bahia se pronunciou oficializando a demissão e dizendo que, “em relação à grave acusação de racismo envolvendo o colombiano Indio Ramírez, o clube se posicionará em breve após finalizar a apuração do caso”.

“Nós não temos nenhum relato, imagem, não temos o fato de Ramírez falou para Gerson qualquer coisa deste tipo. Então, logicamente, ficamos ao lado do nosso jogador. […] O que pareceu na hora foi que tinhamos crescido no jogo, feito 2 a 1, e estava havendo uma tentativa de tentar tumultuar, tirar um jogador nosso por cartao vermelho”, afirmou Mano na entrevista após o jogo.

“Em relação às discussões de campo, o Gerson estava bastante alterado, xingou todo mundo. E houve uma tentativa de defender o nosso, mas sempre dentro do jogo, nada de defender uma atitude errada. Se aconteceu, não defendo”, concluiu o treinador.

Após a partida, o canal SporTV recuperou imagens da confusão, nas quais é possível ver uma discussão entre os dois.

“Ele me chamou de negro”, grita Gerson. Mano responde: “Agora virou malandragem?”. “Malandragem? Pergunta pra ele”, retruca o meia. A confusão segue. Pouco depois, é possível ver o treinador falando com o quarto árbitro.

“Se nós estamos errados, tá errado. Mas aquele menino [supostamente se referindo a Ramírez] não ia fazer isso. Eu conheço o jogador, o jogador chegou agora, é um guri.”

Mano também pede a expulsão de Gerson por tê-lo xingado na frente do árbitro da partida.

Em outro momento, o treinador é flagrado dizendo: “Tem que tomar bico do Daniel [Alves], que é mais malandro que tu”.

Gerson também falou sobre isso na entrevista após a partida. Para ele, Mano estaria ironizando o fato de Daniel Alves, do São Paulo, ter vencido os duelos entre os dois recentemente. Nesses jogos, ambos se estranharam diversas vezes.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up