Rio Branco, Acre,


Auxílio Emergencial: divulgado novo calendário para mais 1,2 milhão de beneficiários

Pagamentos serão feitos em poupança digital entre 13 e 29 de dezembro.

O governo divulgou nesta sexta-feira (11) um novo calendário dos pagamentos e saques do Auxílio Emergencial para trabalhadores que tiveram o pedido reavaliado e também para trabalhadores que fizeram o procedimento de contestação após ter o benefício interrompido.

Segundo o Ministério da Cidadania, o novo calendário contempla 1,2 milhão de pessoas, que terão direito apenas à parcela de dezembro da prorrogação do benefício. Também estão neste calendário 4,5 mil pessoas que passaram por contestação em novembro.

São três públicos:

  1. beneficiários que não receberam as parcelas do auxílio emergencial original, de R$ 600, e tiveram o pagamento reavaliado em novembro, decorrente de atualizações de dados governamentais
    – recebem 5 parcelas de R$ 600
  2. beneficiários que receberam as parcelas de R$ 600, mas tiveram as parcelas de R$ 300 negadas, e fizeram a contestação entre 14 e 23 de novembro
    – receberão 1 parcela de R$ 300
  3. beneficiários que receberam a primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 em julho
    – receberão 1 parcela de R$ 300

Os pagamentos serão feitos em poupança digital entre 13 e 29 de dezembro. Já o calendário de saques em dinheiro começa no dia 19 de dezembro e irá até 27 de janeiro.

Veja como ficam os calendários:

Auxílio Emergencial - novo calendário — Foto: Economia G1

Auxílio Emergencial – novo calendário — Foto: Economia G1

Auxílio Emergencial - Beneficiários que fizeram a contestação entre 14 e 23 de novembro — Foto: Economia G1

Auxílio Emergencial – Beneficiários que fizeram a contestação entre 14 e 23 de novembro — Foto: Economia G1

Auxílio emergencial - beneficiários que receberam a primeira parcela de R$ 600 em julho — Foto: Economia G1

Auxílio emergencial – beneficiários que receberam a primeira parcela de R$ 600 em julho — Foto: Economia G1

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up