Publicidade

Rio Branco, Acre,


“Boca”, Jornalista morre aos 46 anos, vítima de covid-19

Além de jornalista, Ulisses era um incentivador da arte e apaixonado por skate, e constantemente se envolvia em diversas mobilizações pela cidade

O jornalista que acompanhava o prefeito de Manaus Arthur Neto, Ulisses Athayde conhecido como ‘Boca’, faleceu nesta segunda-feira (7), aos 46 anos. O jornalista estava internado desde o último dia 15 de novembro com covid-19.

Ulisses deixa a esposa Carol Marcondes e uma filha de 18 anos. Ele trabalhou na Secretaria Municipal de Comunicação (Secom), desde 2004 e permaneceu na função por conta do trabalho eficiente e dedicado mesmo não sendo concursado. Além de jornalista, Ulisses era um incentivador da arte e apaixonado por skate, e constantemente se envolvia em diversas mobilizações pela cidade.

NOTA DE PESAR
O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas (SJP-AM) vem a público manifestar PESAR pelo falecimento do jornalista Ulysses Paulo de Athayde Marcondes, 46, que atuava na Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom) desde 2006. Ele estava internado no hospital Check-up e faleceu em decorrência das complicações relacionadas à covid-19 na manhã desta segunda-feira (7/12).
Formado pelo Centro Universitário Uninorte, Ulysses mantinha uma postura extremamente profissional e proativa, onde quer que atuasse e independente da pauta, fosse a mais cobiçada e divertida ou a mais simples e corriqueira. Por conta disso, muitos se espantavam ao tomar conhecimento de outra paixão cultivada por ele: o skate, onde atuou não apenas como praticante, mas também como ativista.
Ao longo dos últimos anos, vinha contribuindo diretamente para desmistificar preconceitos relacionados à cultura do skaitismo e pelo reconhecimento da prática desportiva. No último dia 13 de novembro, o prefeito de Manaus, Artur Virgílio Neto anunciou o início das obras do novo Skate Park em construção no Parque dos Bilhares, cujo projeto foi defendido pelo jornalista.
Iniciou ainda este ano, o projeto audiovisual intitulado “Reconta 2000”, de resgate da história do skatismo no Amazonas no início deste século, em parceria com o videomaker Leonardo Forte, autor das imagens editadas por Ulysses.
Ao longo da carreira, acumulou experiências nas funções de repórter, editor, editor-chefe de impresso e Televisão em assessoria de imprensa. Era considerado pelos colegas um profissional muito companheiro nos desafios em prol da pauta. Foi também um grande defensor da Amazônia e das causas ambientais.
Em uma de suas últimas postagens em rede social, declarou: “Costumo dizer que se fraquejar, o mundo te empurra para baixo, te induz ao erro e à derrota. Manter-se forte é estar de pé com amor, fé, saúde e paz, sempre honrando sua família, sua casa e sua história. Isso não é uma regra, norma ou lei e sim respeito pela existência! São palavras que venho usando em minha trajetória, mas que este ano tiveram um sentido muito maior. Aqui agradeço por estar respirando e me solidarizo a todos que tiveram perdas. Vamos em frente porque a jornada continua! Gratidão à vida! ”.
Ulysses deixa esposa, Carol, e a filha Amália, de 18 anos. O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas lamenta a perda deste querido profissional e deseja condolências aos amigos e familiares.
Manaus- AM, 07 de dezembro de 2020
DIRETORIA
SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS NO ESTADO DO AMAZONAS – SJPAM

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up