Rio Branco, Acre,


Bocalom diz que quer construir uma nova Rio Branco e fazer diferente do “roubou, mas fez”

"Quero ser o prefeito que respeita o princípio da transferência e da independência dos poderes”, finalizou

Em conversa com os 17 vereadores eleitos de Rio Branco nesta quarta-feira (2), o futuro prefeito Tião Bocalom (Progressista) disse que espera construir uma nova Rio Branco.

No intuito de “mudar a relação que o executivo tem com o legislativo”, o novo gestor da capital enfatizou que a “promiscuidade” na distribuição de cargos precisa acabar em Rio Branco para o bem da população.

“Sabemos onde surge a corrupção: nas negociatas, nos conchavos, nas relações de dependência. Precisamos acabar com isso e pensar no melhor para nossa cidade”.

Bocalom disse ainda que tentará fazer diferente do que ficou no imaginário dos eleitores: a máxima “roubou, mas fez”.

“Não quero ser lembrado com o político que roubou, mas fez. Quero ser o prefeito que respeita o princípio da transferência e da independência dos poderes”, finalizou.

O encontro com os parlamentares aconteceu na sede da Associação dos Municípios do Acre (Amac).

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up