Rio Branco, Acre,


Diretor do Hospital do Juruá é afastado por suspeita de fraude no Mais Médicos, diz PF

Polícia Federal identificou esquemas no Acre, Amazonas, Rondônia, Minas Gerais e Bahia

A Polícia Federal em Cruzeiro do Sul, deflagrou a Operação Choro de Hipócrates nesta quarta-feira (2) e identificou um esquema envolvendo servidores da saúde em Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Mâncio Lima, dentre outras cidades do estado do Acre, Amazonas, Rondônia, Minas Gerais e Bahia. Eles estariam cometendo fraude no programa federal Mais Médicos do Brasil e no Sistema Único de Saúde.

Estes agentes públicos estariam supostamente acumulando, de forma indevida, trabalhos com aparente incompatibilidade de horários, recebendo valores públicos sem realizar a devida contraprestação, gerando, com isso, prejuízos para os diversos entes da federação, em específico para a União, ante os indícios de fraude no programa federal Mais Médicos do Brasil e no Sistema Único de Saúde.

A Polícia Federal também identificou falha no controle de frequência e permanência dos médicos nos hospitais da rede pública de saúde é inócuo, não havendo, sequer, um sistema eletrônico de entrada e saída. “Essa leniência da Administração Pública proporcionou e continua proporcionando um ambiente engenhoso e profícuo à prática de crimes”, segundo a Polícia Federal.

Diante desse “estado inconstitucional” que se encontra o atual sistema público de saúde da região, a Polícia Federal representou, perante o Juízo Federal competente, pelo sequestro de veículos, casas e demais bens adquiridos com dinheiro público obtido através de condutas supostamente criminosas (possíveis estelionatos contra a Administração Pública), bem como pelo bloqueio de ativos financeiros, buscas, apreensões e por medidas cautelares diversas da prisão.

O Juízo Federal da Subseção Judiciária de Cruzeiro do Sul no Acre, em atenção à Representação da Polícia Federal, expediu 14 (quatorze) mandados de sequestro de bens, 1 (um) mandado de busca e apreensão e 1 (um) mandado que impôs 3 (três) medidas cautelares diversas da prisão em desfavor de um investigado. Ademais, bloquearam-se ativos financeiros que, quando somados, perfazem o montante de R$3.290.800,00 (três milhões duzentos e noventa mil e oitocentos reais).

Destaca-se que, em razão da atuação da Polícia Federal, o Diretor Técnico do Hospital Regional do Juruá foi afastado de suas funções, bem como de qualquer outra função congênere dentro do respectivo estabelecimento médicohospitalar.

Sobre o nome da operação, Hipócrates é considerado por muitos uma das figuras mais importantes da história da medicina, frequentemente considerado o “pai da medicina”. Hipócrates escreveu um juramento, comumente denominado de “O Juramento de Hipócrates”. Atualmente, este juramente é reproduzido pelos médicos contemporâneos por ocasião de sua formatura, no qual j

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up