Rio Branco, Acre,


Em 128 mil domicílios do Acre, algum morador recebeu auxílio emergencial em outubro

Percentual de domicílios onde algum morador recebeu algum auxílio para combater os efeitos da pandemia foi de 59,6

Em outubro, o percentual de domicílios onde algum morador recebeu algum auxílio para combater os efeitos da pandemia foi de 59,6%. Em setembro era de 60,1%. Foram atendidos 128 mil em outubro frente aos 140 mil de setembro.

O percentual de domicílios onde algum morador recebia auxílio emergencial ficou estável nesses últimos quatros meses. Entre os tipos de auxílio abordados pela pesquisa, estão o emergencial, destinado a trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados, e a complementação do Governo Federal pelo Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda.

Norte (58,4%) e Nordeste (56,9%) foram as regiões que tiveram os maiores percentuais de domicílios recebendo auxílio. Entre os estados, o Amapá (68,6%) foi estado com maior proporção, seguido de Pará (62,2%) e Maranhão (63,3%). Acre vem em quinto com 59,6%.

As regiões que têm mais domicílios com pessoas recebendo auxílio ainda são Norte e Nordeste, onde as pessoas estão mais dentro dos critérios para receber o auxílio. Esse percentual ficou estável em todas as grandes regiões.

Fonte: IBGE

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up