Rio Branco, Acre,


Gladson diz que Coronavac não é prioridade: “Vamos comprar a primeira que for aprovada”

O governo de São Paulo disponibilizou quatro milhões de doses para o Acre e outros estados

O governador Gladson Cameli (sem partido) declarou ao ContilNet que após a autorização do Supremo Tribunal Federal (STF) para aquisição da vacina contra a covid-19, o governo não dará prioridade a nenhum imunizante específico.

A opinião do governador põe fim à polêmica de que o governo só vai adquirir a vacina chinesa Coronavac, em razão da reunião que teve com o governador João Dória (PSDB). “A gente esteve em São Paulo, mas não teve nada definido e ela não é a prioridade, a primeira vacina que for aprovada pela Anvisa, vamos adquirir”, afirmou Cameli.

O instituto Butantan está recebendo lotes da matéria-prima da vacina, produzida pela indústria farmacêutica chinesa Sinovac, e, com esse insumo, poderá concluir a etapa final de fabricação da Coronavac, enquanto aguarda registro e autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O governo de São Paulo disponibilizou quatro milhões de doses para o Acre e outros estados que tenham a intenção de ter a vacina para atendimento prioritário aos profissionais de saúde e dos quadros de risco.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up