Rio Branco, Acre,


Pai de Giovanni Acioly anuncia criação de fundação que leva o nome do filho

Instituição vai ensinar a arte da música para crianças e jovens carentes de Tarauacá, diz Raimundo

O radialista Raimundo Acioly, pai do cantor morto no início de novembro em acidente de trânsito em Tarauacá, Giovanni Acioly, informou em suas redes sociais que pretende criar uma fundação para ensinar a arte da música para crianças e jovens carentes da cidade.

A instituição levará o nome do filho, que também era radialista, e será fundada em 2021. “Eu e minha família vamos procurar apoio dos poderes públicos e da iniciativa privada para a implantação do projeto”, afirmou Raimundo.

O público-alvo da Fundação Giovanni Acioly também receberá ensinamentos sobre cidadania. “Que o legado do meu filho possa transformar vidas através da arte”, finalizou.

Accioly morreu aos 33 anos. Ele dirigia um EcoSport quando bateu contra uma carreta estacionada na pista. O acidente provocou grande comoção em todo o estado. Os órgãos do músico foram doados para salvar outras vidas.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up