Rio Branco, Acre,


Sem aprovação do subsídio, motoristas de ônibus da Capital retomam paralisação nesta quarta

Nesta terça-feira (15), em uma reunião, o executivo municipal decidiu que reenviaria o projeto

Os motoristas de ônibus tiveram as expectativas frustradas sobre o andamento do projeto da criação de subsídio, elaborado pela Prefeitura de Rio Branco e enviado à Câmara Municipal, para pagamento de 3 meses de salário atrasado dos profissional.

Nesta terça-feira (15), em uma reunião, o executivo municipal decidiu que reenviaria o projeto com as correções sugeridas pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), já que o primeiro foi vetado. No entanto, o novo documento precisaria da aprovação de, no mínimo, 9 parlamentares.

Sem a quantidade mínima, mais uma vez a proposta não foi aprovada.

Com a notícia, os motoristas das empresas Via Verde, Floresta e São Judas Tadeus decidiram paralisar as atividades novamente na capital.

O fato causou revolta e fez com que os motoristas voltassem a acampar em frente à Casa do Povo.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up