Rio Branco, Acre,


Sem frescura: que tipo de bebida dá mais ressaca?

Você quer beber, mas não quer ter ressaca, o que você escolhe: destilado ou fermentado?

Você quer beber, mas não quer ter ressaca, o que você escolhe: destilado ou fermentado?

Bem, muita gente acaba escolhendo a cerveja porque, afinal, ela tem menos álcool e isso evita a terrível ressaca do dia seguinte.

Mas será que isso faz sentido? Bom, antes de qualquer coisa, eu vou explicar por que a gente tem ressaca.

Ela até tem um nome bonito, que é veisalgia, mas os seus efeitos são péssimos e podem incluir dor de cabeça, estômago revirado, diarreia e por aí vai.

Essa treta toda acontece quando o fígado tenta metabolizar o álcool que você ingeriu.

Como resultado, temos a criação de aldeído, uma substância tóxica que proporciona parte dos efeitos da ressaca.

Além disso, o álcool também diminui o teor de açúcar no sangue e causa desidratação, uma vez que ele inibe o hormônio antidiurético no cérebro.

Bom, você já deve ter percebido que em nenhum momento eu relacionei o tipo de bebida à ressaca, né? Isso porque ela está mais relacionada à quantidade de álcool que você ingere e não ao “formato” desse álcool.

Isso faz com que a gente tenha a impressão de que bebida destilada é pior para ressaca, já que ela normalmente tem um maior se levarmos em conta o mesmo volume de uma bebida fermentada como a cerveja.

De qualquer maneira, se você não quer ter uma ressaca “das brabas”, o melhor a se fazer é segurar a onda e não exagerar na hora de beber.

Além disso, se hidratar enquanto bebe e também “forrar” o estômago ajudam se você tá a fim de se divertir sem ter que sofrer no dia seguinte.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up