Rio Branco, Acre,


“Vagabundas”, dispara Lene Petecão sobre empresas de ônibus de Rio Branco

Vereadora reeleita disse estar recebendo ameaças por se posicionar contra repasse público

A vereadora Lene Petecão (PSD) rasgou o verbo contra as empresas de ônibus que tentam abocanhar R$ 2,4 milhões de verba pública para quitar dívidas trabalhistas. Em sessão da Câmara de Rio Branco nesta quinta-feira (17), a parlamentar chamou as empresas Floresta, Via Verde e São Judas Tadeu de “vagabundas”.

O projeto de lei de autoria do Executivo que possibilitaria a transferência foi barrado no parlamento-mirim por falta de assinaturas suficientes para sua tramitação. Lene foi uma das que não assinou.

“Eu não estou feliz de não ter assinado, estou é triste com essas empresas vagabundas, cruéis e mercenárias que roubaram ao longo desse tempo para tentar tirar proveito da nossa população humilde”, disse.

Ela disse acreditar que o prefeito eleito Tião Bocalom (PP), que assume no dia 1º de janeiro, vai encontrar alternativas para solucionar o problema. Insinuou, ainda, que estaria sofrendo ameaças por se posicionar contra o repasse milionário.

“Quem chegou na minha casa tentando me assustar com buzinaço, com telefonemas fora de hora, não se preocupe, nasci na beira do rio, sou da Seis de Agosto e não tenho medo de ameaças”.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up