26.3 C
Rio Branco
27 setembro 2021 11:09 pm

Vereador diz que não vai aprovar aumento do salário de Mazinho Serafim

POR REDAÇÃO CONTILNET

Última atualização em 18/12/2020 09:58

O projeto enviado pelo prefeito Mazinho Serafim à Câmara de Vereadores de Sena Madureira, sobre o aumento de salário do prefeito, vice-prefeito e secretários, teve muita repercussão.

Em entrevista à Rádio Difusora AM, o vereador Silvano Farias, da Comissão de Orçamento e Finanças do Legislativo, disse que não emitirá parecer sobre o projeto – o que pode prejudicar a sua aprovação na casa do povo.

“Esse projeto chegou à Câmara, mas eu penso que devemos pensar sobre o que é prioridade para o município. É legítimo que alguns secretários, que trabalham muito, tenham aumento no salário, mas nós vemos alguns profissionais, como os garis, por exemplo, que não têm aumento há muito tempo”, comentou.

“O projeto não será analisado pela comissão e não darei o parecer do projeto. Se depender de mim, não terão aumento, já que temos tantos outros profissionais que precisam de aumento e respeito neste momento. O prefeito e os secretários devem ter reajuste nos salários, mas precisamos pensar, primeiramente, nos funcionários que estão mais necessitados”, finalizou.

O presidente da Casa, Alípio Brito (MDB), disse à nossa reportagem nesta quarta-feira (16) que a proposta ainda não havia sido avaliada pela assessoria jurídica da casa – para comprovar sua constitucionalidade – e nem pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

A proposta é que o salário do prefeito aumente de R$ 14 mil para R$ 18 mil; do vice-prefeito saia de R$ 9 mil para R$ 12 mil; do secretário municipal vá de R$ 5 mil para R$ 8 mil; e do secretário adjunto, de R$ 2.500 para R$ 4 mil.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.