Rio Branco, Acre,


Bharat Biotech fecha acordo com empresa brasileira para oferecer vacina

Convênio com Precisa Medicamentos pretende priorizar o fornecimento para o setor público. Vacina ainda precisa ser aprovada pela Anvisa

A empresa indiana de biotecnologia Bharat Biotech assinou, nesta terça-feira (12/1), um acordo com a farmacêutica Precisa Medicamentos para fornecer a vacina contra a Covid-19 no Brasil. O imunizante Covaxin está entre os cogitados para o programa de vacinação do governo brasileiro, que afirma ter assinado memorando de entendimento com a Bharat Biotech, responsável pela fórmula.

O acordo entre as empresas prevê a priorização de doses para o setor público, segundo comunicado enviado pela Precisa Medicamentos. Por enquanto, não há contrato formal entre a Bharat Biotech e o governo federal para a compra de doses da vacina indiana.

Para chegar ao mercado privado brasileiro, a vacina indiana precisa ser autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Além da Covaxin, a Bharat Biotech testa outro imunizante contra o coronavírus, ainda em fase pré-clínica. A administração desta segunda vacina é via nasal, ou seja, não necessita de agulha para a aplicação.

 

A Covaxin funciona com um vetor inativado, ou seja, usa o próprio coronavírus manipulado em laboratório para que ele não consiga se reproduzir dentro do organismo. Uma vez que o corpo reconhece o invasor, cria uma defesa específica e, caso o paciente seja exposto novamente ao patógeno, o organismo saberá como agir.

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up