Rio Branco, Acre,


Bocalom diz que prefeitura repassa R$ 1 milhão por mês à Amac: “Quero resultados” 

"Eu quero projetos para Rio Branco, ou então, estamos fora", disse o novo prefeito

O prefeito Tião Bocalom (Progressistas) concedeu uma entrevista à Rádio Gameleira, em parceria com o ContilNet nesta sexta-feira (8) e disse que tem intenção de permanecer dentro da Associação dos Municípios do Acre (Amac), desde que a entidade passe a gerar resultados em relação a projetos em Rio Branco.

Segundo ele, somente a prefeitura de Rio Branco não pode arcar sozinha com os prejuízos da associação. Para se ter uma ideia, o prefeito revelou que faz um repasse à Amac de R$ 1 milhão por mês. “A gente gasta R$ 1 milhão para manter os projetos da Amac. Quando cheguei na prefeitura perguntei se haviam projetos, eles disseram que não”, ressaltou.

O gestor frisou ainda que conversou nos últimos dias com os demais prefeitos do interior do Acre e deixou claro que para a prefeitura continuar arcando com o valor, é necessário que haja realização de projetos para a capital.

“Eu quero projetos para Rio Branco, ou então, estamos fora. Eu posso até ser acionado pelo Ministério Público”, argumentou.

Será realizado na tarde desta sexta-feira (8) um encontro com os prefeitos que definirá o novo presidente da Associação dos Municípios do Acre.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up