Rio Branco, Acre,


Doria diz que vai enviar 50 mil doses da CoronaVac ao Amazonas independentemente do governo federal

Doses serão enviadas na segunda-feira (18) aos profissionais de saúde do Amazonas para minimizar o impacto da crise no estado

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse que irá enviar 50 mil doses da vacina CoronaVac aos profissionais de saúde do Amazonas, independentemente da cota reservada ao estado no Plano Nacional de Imunização (PNI).

“Amanhã pela manhã, um avião levará 50 mil doses da vacina, independentemente da cota do Ministério da Saúde, para os profissionais da saúde do Amazonas”, disse Doria, durante coletiva de imprensa do governo paulista no Hospital das Clínicas, após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovar o uso emergencial da vacina contra Covid-19.

Com o aumento recorde de internações por Covid-19 em janeiro, Manaus passou a enfrentar colapso no sistema de saúde por conta da falta de oxigênio nos hospitais. Mais de 30 pacientes já foram transferidos a outros estados, mas a previsão do governo é enviar mais de 200.

A afirmação foi feita após o governador se dizer “atônito” com as declarações feitas pelo Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

Em entrevista coletiva simultânea a do governo de São Paulo, Pazuello afirmou que a CoronaVac foi comprada com dinheiro do SUS e que todas as doses deverão ser entregues pelo Ministério da Saúde. “Qualquer movimento fora desta linha está em desacordo com a lei”, disse o ministro.

“Porque eu já não confio no Ministério da Saúde, esta capacidade de produzir mentiras, assaques, quando deveria estar agradecendo que os cientistas conseguiram viabilizar uma vacina”, afirmou Doria.

“Não há um centavo, até agora, do governo federal, para a vacina, nem para o estudo, nem para a compra, nem para a pesquisa. Nada. Chega de mentira, ministro. Trabalhe pela saúde do seu povo, seja honesto”, disse Doria.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up