Rio Branco, Acre,


Em encontro com Dória, Gladson garante mais um lote de vacina contra covid-19 para o AC

Um novo lote de Coronavac chegará no próximo dia 3 de fevereiro, garantiu o governador de São Paulo

O governador Gladson Cameli (sem partido, e o secretário de Saúde, Alysson Bestene, se reuniram na terça-feira (26) com o governador de São Paulo João Dória com quem tenta a compra de mais um milhão  de doses extras da Coronavac para imunizar todos os acreanos a partir de 20 anos.

O secretário de Saúde Alysson Bestene disse que o objetivo do encontro foi articular um número maior de doses de vacinas para o Acre.

“O Instituto Butantan, juntamente com o governo de São Paulo, rapidamente articulou com o governo chinês para que o Brasil receba matéria-prima suficiente para atender o Brasil com a vacinação. Essa reunião de hoje, entre os governadores Gladson Cameli e João Dória, foi muito importante para articularmos o envio de um quantitativo suficiente de vacinas para o Acre, a partir dessa nova alternativa”, destacou o secretário.

O governador explicou que o governo federal tem dado todo o apoio e já enviou três lotes de vacinas para o Acre, que estão sendo utilizadas para imunizar profissionais da saúde, indígenas e idosos que vivem em casas de apoio.

“Em primeiro lugar, não posso deixar de enfatizar o apoio que estamos recebendo do Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde. Porém, diante da grave crise no estado vizinho do Amazonas, houve a necessidade de remanejamento de mais doses para eles. Mas como governador e responsável por quase um milhão de habitantes, preciso buscar alternativas para imunizar nosso povo o quanto antes. Não aguento mais ver tantas famílias sofrendo por conta desse vírus. Por isso estou em busca do apoio do governo de São Paulo”, disse.

Em um vídeo ao lado de Gladson, Doria elogia a postura de Cameli que “está muito comprometido com este assunto. Não é a primeira vez que tratamos deste assunto, já falamos sobre a vacina do Butantan”, disse.

Um novo lote de Coronavac chegará no próximo dia 3 de fevereiro.

Cameli reforçou a importância de imunizar a população acreana por fazer parte de área de fronteira e também pela vulnerabilidade da população indígena. O governador esclareceu que o Acre precisa de reforço e que mesmo com todo apoio dado pelo Ministério da Saúde, as doses ainda não são suficientes

Com informações da Agência de Notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up