Rio Branco, Acre,


“Essa vitória não teve interferências, foi nossa”, diz presidente da Câmara, N. Lima 

Lima pediu que Bocalom dê continuidade ao "bom trabalho" realizado por Socorro Neri

O vereador e presidente da Câmara Municipal de Rio Branco, N. Lima (Progressistas), declarou na tribuna que a vitória nas eleições da mesa diretora não foi somente sua, mas de todos os vereadores eleitos que ajudaram na composição.

Segundo o militar, a decisão que escolheu o novo presidente do poder legislativo municipal foi na base de conversas e sem interferências políticas. “Essa vitória não teve interferência, foi nossa. Não teve posicionamento de partido e nem da prefeitura, foi nossa por meios de conversas”, declarou.

Lima destacou que apesar de ter vencido a disputa contra o colega de parlamento, Emerson Jarude (MDB), vai lutar pelos interesses da população de Rio Branco. O militar bem humorado fez até um pedido para que não lhe chamem de presidente. “Se quiserem não precisa nem me chamar de presidente, pode ser de N. Lima mesmo”, ressaltou.

O vereador, que está no terceiro mandato, fez um pedido ao prefeito Tião Bocalom para que este possa dar continuidade ao excelente trabalho da gestora Socorro Neri (PSB), que deixou o cargo em solenidade de posse na sexta-feira (31).

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up