Publicidade

Rio Branco, Acre,


Governo do AM confirma 1º caso de reinfecção pelo coronavírus com variante que chegou ao Japão

Caso foi constatado em uma mulher de 30 que mora em Manaus e, segundo o governo, já se recuperou da doença.

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) confirmou, nesta quarta-feira (13), o primeiro caso de reinfecção pelo novo coronavírus no Estado. De acordo com a FVS, análise de sequenciamento genético realizado pela Fundação Osvaldo Cruz Amazônia apontou que a reinfecção foi causada pela variante do coronavírus encontrada no Amazonas e que chegou ao Japão.

A paciente é uma mulher de 30 que mora em Manaus e, segundo o governo, já se recuperou da doença.”Trata-se de uma paciente que atende aos critérios de definição de casos como, por exemplo, dois exames positivos de Rt-PCR no intervalo de noventa dias, entre a primeira e a segunda infecção”, informou o governo.

Conforme o governo, análise realizada pela Fiocruz observou que a sequência genética do vírus, presente no segundo episódio (reinfecção), é referente à linhagem B.1.1.28 (K417N/E484K/N501Y), variante a descrita inicialmente em viajantes japoneses.

“No Japão, identificaram uma nova variante que surgiu no Amazonas. Agora, essa variante causou uma reinfecção”, disse o diretor de Inovação e Pesquisa da Fiocruz Amazônia, Felipe Naveca, responsável pela identificação.

A notificação foi encaminhada no fim da noite de terça-feira (12) para o Centro Estratégicos de Informações de Vigilância em Saúde (Cievs) da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) do Ministério da Saúde, após a confirmação do resultado emitido pela Fiocruz.

Segundo Naveca, há outros casos suspeitos de reinfecção identificados pela Fundação de Vigilância em Saúde e que seguem em investigação.

 

Variações inéditas

 

No domingo (10), o governo japonês anunciou que as autoridades de saúde do país encontraram a variante do vírus em quatro viajantes que estiveram no Amazonas e voltaram ao Japão em 2 de janeiro. O Amazonas é um dos estados que mais sofre com a Covid-19 no Brasil: até esta terça (12), mais de 218 mil foram infectadas, com mais de 5,8 mil mortes.

“A variante encontrada por pesquisadores japoneses a partir de pessoas que estiveram no Amazonas tem uma série de mutações que ainda não tinham sido encontradas. Algumas mutações dela envolvem mutações na proteína Spike, que faz a interação inicial com a célula humana, então isso chama muita atenção”, explicou Naveca.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up