Rio Branco, Acre,


Juiz aceita denúncia e policial penal acusado de matar vendedor de picolé vira réu

Crime aconteceu no dia 12 de dezembro de 2020, no Conjunto Esperança, na capital acreana

Acusado de matar o vendedor de picolé Gilcimar da Silva Honorato, o policial penal Alessandro Rosas Lopes agora é considerado réu no processo que julga o caso.

O juiz Alesson Braz aceitou a denúncia oferecida pelo Ministério Público do Acre (MPAC).

“A materialidade do crime demonstra-se pelo laudo cadavérico. Já os indícios de autoria são comprovados pelos depoimentos das testemunhas”, disse o juiz.

O crime aconteceu no dia 12 de dezembro de 2020, no Conjunto Esperança.

Alessandro teria fugido do local, após o ocorrido.

A defesa de Alessandro Rosas tem 10 dias para responder a acusação. Após isso, o juiz marcará o julgamento.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up