Rio Branco, Acre,


Ministro do STF dá cinco dias para o Acre informar estoque de agulhas e seringas

Pedido foi feito após MS informar que estado corre risco de não ter quantidade suficiente

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski deu cinco dias para que o governo do Acre informe a quantidade de agulhas e seringas em estoque para a vacina contra a covid-19 e também para outras ações de imunização. O prazo passa a contar a partir desta sexta-feira (15).

O pedido veio após o Ministério da Saúde informar que o Acre integra a lista de estados que correm risco de não ter os insumos suficientes para pôr em prática o plano nacional de imunização contra o coronavírus.

Além do estado, fazem parte da lista do MS a Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco e Santa Catarina. A exigência de Lewandowski vale para todas as unidades da federação e o Distrito Federal.

Em despacho ao STF, o Ministério da Saúde disse que o Acre dispõe de apenas 122 mil seringas e agulhas. O governo do estado nega a informação e afirma ter estoque “satisfatório”.

Segundo o secretário de Saúde Alysson Bestene, são 700 mil unidades nas redes estadual e municipais disponíveis para uso. O governo informou ainda que mais de um milhão desses insumos podem ser adquirido, além dos 500 mil que também teriam sido prometidos pelo ministro Eduardo Pazuello.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up