Rio Branco, Acre,


Oscar Xavier ministra oficina de edição de vídeos no Bujari; inscrições são gratuitas

As inscrições são gratuitas e já teve início a partir do dia 05 e se estenderá até o dia 10 de janeiro

O editor de vídeos e cinegrafista Oscar Xavier, ministrará a partir do dia 11 até do dia 16 de janeiro uma oficina de edição de vídeos intitulada a “Arte da Edição” no município do Bujari. As inscrições são gratuitas e já teve início a partir do dia 05 e se estenderá até o dia 10 de janeiro.

Os interessados devem se direcionarem até a escola Edmundo Pinto no horário comercial para realizarem suas inscrições ou podem ligar para o professor Oscar Xavier no número (68) 99946-7788. Segundo o proponente do projeto, a oficina só foi possível graças ao financiamento da Lei Aldir Blanc que através do Governo Federal e da Fundação Elias Mansour (FEM) juntamente com Governo do Acre estão levando educação e cultura para os mais isolados municípios acreanos neste período de férias e isolamento social, promovendo oficinas, exposições, shows, palestras e inúmeras apresentações focadas em todas as áreas das manifestações artísticas.

O OFICINEIRO

Oscar Xavier, nasceu no Seringal Nova Empresa e quando criança costumava ouvir a Rádio Difusora Acreana, logo mais tarde quando seu pai adquiriu sua primeira TV preto e branco, o jovem garoto gostava de assistir os primeiros programas televisivos apresentados por grandes jornalistas daquela época como é o caso do programa “A Bola” apresentado pelo brilhante jornalista Campos Pereira em tempos de ouro do jornalismo acreano.

“Quando olhava ao final dos programas aqueles caracteres contendo o nome de todos os profissionais envolvidos naquele jornal eu ficava imaginando meu nome inserido naquela relação e afirmava que um dia meus sonhos se tornariam realidades. Quando completei meus dezoito anos, fui procurar emprego e logo recebi o convite do próprio Campos Pereira para trabalhar na construção do muro da TV Acre como servente de pedreiro. Esperei vários dias a chegada do pedreiro e por sorte ele não veio. Foi aí que o Campos pediu para colocar uma câmera no ombro e filmar as matérias nas ruas de Rio Branco naqueles primeiros tempos da TV Acre. Ali nasceu um amor incondicional pela profissão de cinegrafista e editor de imagens”. Frisou o professor emocionado.

Com sua carteira de trabalho assinada pela repetidora da Rede Globo no Acre, não faltou convites para o jornalista assumir cargos desejados por muitos. E foi neste momento de brilho profissional que o cinegrafista foi convidado pela a Assessoria de Comunicação do Estado para acompanhar o então governador Nabor Teles da Rocha Júnior (PMDB) que governou o Acre de 1983 a 1986. Mas tarde, quando Flaviano Flávio Baptista de Melo (PMDB) passou a governar o Acre, o editor foi designado para dirigir a TV Integração em Cruzeiro do Sul. Além disto, o jornalista viajou para participar de inúmeras palestras e oficinas na Rede Globo, Rede Brasil e pela ASACINE-Associação Acreana de Cinema. Depois graduou-se em Teologia e passou a ministrar oficinas no NPE e demais munícipios do Acre nos anos 90 e continua na ativa até os dias atuais.

“Nesta oficina no município do Bujari, terei a oportunidade de repassar as novas gerações, os principais conhecimentos adquiridos durante décadas dentro da profissão de cinegrafista e editor de imagens, algo que amo e me sinto realizado com este ofício. Espero no futuro oferecer outros cursos como é o caso do de áudio e vídeo que pretendo ministrar em breves meses. Neste momento quero agradecer aos gestores da lei Aldir Blanc, ao Governo Federal e a FEM que estão financiando este projeto maravilhoso no município do Bujari, cuja população é tão carente de cultura e arte”. Finalizou o profissional demonstrando verdadeiro agradecimento ao Governo do Acre.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up