Rio Branco, Acre,


Prefeito de Epitaciolândia diz que herdou mais de R$ 26 milhões em dívidas

Lopez pontuou que precisará do apoio da bancada federal do Acre para reorganizar

O  prefeito de Epitaciolândia, delegado Sérgio Lopes (PSDB) concedeu uma entrevista ao ContilNet e falou da situação em que recebeu a prefeitura das mãos do ex-gestor, Tião Flores (Progressistas). Segundo ele, sua equipe herdou uma ‘dúvida maldita’ milionária.

Apesar da dívida, Lopes destacou que o montante está renegociado. “Herdamos uma dívida de mais de R$ 26 milhões, mas já estão organizadas. A de luz existe um débito que está sendo pago em dia”, declarou.

O tucano frisou que o município dispõe de mais de R$ 4 milhões em dívidas de precatórios – quando decorrem de ações judiciais como as referentes a salários, pensões, aposentadorias e indenizações por morte ou invalidez – ou – quando decorrem de ações de outras espécies, como as referentes a desapropriações e tributos. “Essas contas têm que ser organizadas, ou podemos ter o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) bloqueado”, ressaltou.

Situação estrutural do município

O gestor contou à reportagem que precisará do apoio da bancada de parlamentares federais do Estado. “Os ramais e parques públicos estão destruídos. Mas, já estamos providenciando os ajustes”, destacou.

Maquinários

O delegado encerrou a entrevista falando que quatro máquinas da prefeitura estavam destruídas e uma está na Capital para manutenção. “Após isso, vamos levá-los à cidade e realizar os trabalhos mínimos para que possamos atender as necessidades da população”, concluiu.

O prefeito Sérgio Lopes teve 44,09% dos votos, no total, foram 3.984 votos nas eleições do 2° turno das eleições de 2020.

 

 

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up