Rio Branco, Acre,


Vaza ligação telefônica em que Trump pressiona autoridade eleitoral a reverter derrota

Gravação obtida pelo jornal The Washington Post mostra Trump ameaçando e pedindo ajuda para obter resultado favorável no estado

Áudio obtido pelo jornal “The Washington Post” revela que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em um telefonema extraordinário de uma hora, pediu ao secretário de estado da Geórgia, o republicano Brad Raffensperger, que “encontrasse” votos suficientes para reverter sua derrota.

A Geórgia é um dos vários Estados decisivos onde Trump perdeu a eleição de 3 de novembro para Joe Biden e onde Trump desde então fez alegações infundadas de fraude eleitoral e tentou anular os resultados.

O jornal diz que Trump repreendeu Raffensperger alternadamente, tentou bajulá-lo, implorou-lhe para agir e ameaçou-o com vagas consequências criminais se o secretário de Estado se recusasse a prosseguir com suas falsas alegações, a certa altura alertando que Raffensperger estava assumindo “um grande risco”.

Durante a ligação, Raffensperger e o conselheiro geral de seu escritório rejeitaram as afirmações de Trump, explicando que o presidente está contando com teorias conspiratórias desmascaradas e que a vitória do presidente eleito Joe Biden com 11.779 votos na Geórgia foi justa e precisa.

Trump rejeitou seus argumentos. “O povo da Geórgia está com raiva, o povo do país está com raiva”, disse ele. “E não há nada de errado em dizer, você sabe, hum, que você recalculou.” Raffensperger respondeu: “Bem, Sr. Presidente, o desafio que você tem é que os dados que você tem estão errados”.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up