Rio Branco, Acre,


Em Cruzeiro do Sul, profissionais da saúde se sentem esgotados e com medo do coronavírus

Os casos de coronavírus aumentaram também entre os profissionais de saúde no município

Por trás das máscaras, óculos, luvas e roupas dos profissionais que atuam na linha de frente do covid-19 no Hospital do Juruá, campanha e postos de saúde, existe medo, insegurança, cansaço e tensão. Mas também a vontade de ajudar a sociedade, a passar pela epidemia em meio a uma mudança na rotina dentro e fora do trabalho.

Os casos de coronavírus aumentaram também entre os profissionais de saúde no município nas últimas semanas. A médica infectologista Rita de Cassia Lima fez um alerta à população quanto ao aumento dos casos entre os colegas, o que já compromete o atendimento nas Unidades Básicas de Saúde e no Hospitais do Juruá e de Campanha.

No Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul, há 83 pacientes internados. Destes, 69 estão na clínica Covid e 14 na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e todo dia é dia de medo e a sensação é horrível para esses funcionários.

” É uma sensação que só quem está aqui dentro sabe, o nosso maior medo não é de cuidar das pessoas, o nosso maior medo é de sem querer, levar essa doença pra dentro de nossas casas, nossos filhos. E ainda tem pessoas que nos esculhambam dizendo que atendemos mal, as vezes fico me perguntando será que vale apena eu arriscar a mim e a minha família por pessoas que só sabem criticar e nunca vão reconhecer o que fazemos por elas?”, disse uma enfermeira.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up