Rio Branco, Acre,


Acusados de atear fogo em casa com família dentro, são presos em Santa Rosa do Purus

Crime ocorreu em 16 de dezembro de 2020; Dupla foi presa durante operação da Polícia Militar

Na madrugada da última segunda-feira, 08, a Polícia Civil por meio da Delegacia de Combate às Ações Criminosas Organizadas (DRACO) cumpriu dois mandados de prisão e capturou duas pessoas envolvidas em organização criminosa.

A ação da Polícia Judiciária é um desdobramento da primeira fase que ocorreu em 20 de dezembro. Nessa fase da ação, a Policia Civil contou com apoio do Ministério da Justica/MJ por meio do programa V.I.G.I.A., apoio do Batalhão da Polícia Militar no município e do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

Os presos, R. M. F., 18 anos e E. S. dos S., 19 anos são acusados de atear fogo em uma residência com uma família dentro do imóvel em 16 de dezembro de 2020.

A investigação durou cerca de 60 dias e obteve elementos comprobatórios da autoria da ação criminosa onde foi representado junto ao Poder Judiciário, pelo Delegado da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO), pela quebra de sigilo de dados contidos nos aparelhos telefônicos, por mandados de prisão e busca e apreensão na cidade de Santa Rosa/AC.

Com o deferimento do pedido, nesta data foi deflagrada a Operação Policial batizada de Purus II.

As medidas judiciais visam retirar de circulação os executores de ordens de organização criminosa, fazendo com a mesma perca força dentro daquele município já que as buscas e a quebra de sigilo de dados visavam coletar elementos comprobatórios, sobre o mandante dos crimes, do tráfico de drogas e do próprio funcionamento da organização criminosa. A operação policial cumpriu sua função primordial que cumprir ordens judiciais de prisão que retirou de circulação perigosos integrantes de organização criminosa.

A operação contou com o apoio da Polícia Militar do Estado do Acre, através do Batalhão instalado na cidade de Santa Rosa do Purus/AC.

Os presos foram encaminhados a unidade penitenciaria Francisco de Oliveira Conde onde permanecem à disposição da justiça.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up