Rio Branco, Acre,


“Bambambam do tráfico” é preso pela Polícia Civil em Mâncio Lima

Ele era responsável pela distribuição de drogas em diversos bairros de Mâncio Lima

Na tarde deste sábado, 06, em nova investida contra o crime organizado, a Polícia Civil no município de Mâncio Lima, com o apoio da Polícia Militar prendeu J.J., 31 anos por tráfico de drogas e organização criminosa.

Com o objetivo de manter em baixa o índice de criminalidade em Mâncio Lima e restabelecer a paz social, o delegado José Obetânio e seus agentes intensificaram os trabalhos de investigação no sentido de diminuir os índices de criminalidade.

A autoridade policial segue diretrizes do Delegado-Geral de Policia Civil Josemar Portes, no que tange à repressão ao crime organizado.

O criminoso, considerado o “bambambam do tráfico” na Rua Nova era responsável pela distribuição de drogas em diversos bairros de Mâncio Lima.

A ação deste sábado contou com a participação do Canil da Comando de Operações Especiais (COE) e da Rotam de Cruzeiro do Sul.

Segundo o delegado Obetânio, esse criminoso conhecido no mundo do crime por “Ju” teria sido preso em 2019 por envolvimento com o tráfico de drogas, e após ganhar a liberdade estava novamente reiterando a prática delitiva.

Após um exaustivo trabalho da Polícia Civil, o homem foi preso novamente. Desta vez por tráfico de drogas e organização criminosa.

O delegado frisou que não dará trégua na luta contra o crime em Mâncio Lima. “Os vassalos do crime estão sendo preso um a um. Logo iremos chegar aos peixes graúdos, pois o costume do cachimbo é que deixa a boca torta” parafraseou o delegado”.

“Estamos trazendo a sensação de segurança que esta cidade merece, pois Mâncio Lima jamais será aterrorizada por bandidos, pois aqui tem Lei e Ordem. A Polícia Civil está trabalhando com força total para tirar todos os infratores da Lei do convívio social, pois lugar de bandido é na cadeia” finalizou o delegado.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up