27 C
Rio Branco
11 abril, 2021 7:12 pm

Deputada federal Vanda Milani trabalha por estímulo ao turismo no Acre

POR ASCOM

A deputada Vanda Milani (Solidariedade) – juntamente com o secretário de Estado de Meio Ambiente, Israel Milani – esteve esta sexta-feira (26), no Ministério do Turismo, para uma audiência com o secretário nacional de Infraestrutura Turística, Vicentinho Alves, e o diretor do Departamento de Planejamento de Parcerias e Concessões, Eduardo Vieira. Em pauta, ações para o estímulo do turismo no Acre, dentre elas a implementação de voo ligando a capital, Rio Branco, com as cidades peruanas de Porto Maldonado e Cusco.

A deputada lembrou que, dada sua fronteira com o Peru, o Acre tem potencial turístico estratégico ,”bastando para tanto a flexibilização do transporte aéreo para consolidar a integração e mobilidade turística desejada”. Já o secretário Israel Milani foi contundente: “Nosso grande atrativo turístico é a natureza”. E ressaltou a existência no Estado de unidades de conservação como parques florestais nacionalmente conhecidos , “próprios para o turismo ecológico cujo potencial é gigantesco”.

Reunião com ministro do Turismo aconteceu em Brasília nesta sexta-feira (26) / Foto: Assessoria

O secretário lembrou ainda que o Estado precisa estar preparado para o ressurgimento do turismo pós-pandemia, “com sua famosa ‘indústria sem chaminé’ pronta para gerar emprego e renda”. Segundo a deputada, o esforço consiste em colocar o Acre na rota dos grandes pontos turísticos peruanos, “o que incrementaria a troca de visitantes com benefícios tanto para o Acre quanto o Peru”.

Israel Milani acrescentou que o Acre oferece ainda atrativos como a visita a comunidades indígenas, logradouros aprazíveis como o Croa e Clandles, além de possibilitar o turista a conhecer de perto a tradição do Santo Daime.” Basta que ,para tanto, o turismo peruano se ligue aos atributos que nosso Estado oferece”.

Investimentos

Por seu lado, Eduardo Nóbrega ressaltou que o Governo Federal pretende investir a infraestrutura aeroportuária, “o que inclue os aeroportos de Rio Branco e Cruzeiro do Sul”. E se comprometeu em verificar a possibilidade de implementação de voo ligando Acre ao Peru o que implicaria num levantamento e ,posterior estímulo junto às empresas aéreas com base no Acordo de Serviços Aéreos(o Céus Abertos) a cargo da Anac. Vanda Milani finalizou dizendo que a ligação aérea Acre-Peru, com todas as possibilidades turísticas incluídas, “só viria reforçar nosso vínculo com o país vizinho e trazer progresso econômico ao Estado”.