Rio Branco, Acre,


Dirigente acreana é eleita 2ª vice-presidente da CBHb e renuncia cargo na Fach

Maria Rosaídes, a Bolha, integrava chapa Frente Brasil, que recebeu 33 dos 28 votos possíveis no pleito dessa segunda-feira

A presidente da Federação Acreana de Handebol (Fach), Maria Rosaídes, a Bolha, foi eleita nessa segunda-feira (1º), a nova segunda vice-presidente da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb).

A eleição que elegeu os integrantes de oposição chapa Frente Brasil recebeu 33 dos 48 votos possíveis. Com o vitória no pleito, a dirigente renunciou a direção da entidade acreana após 16 anos.

O empresário Felipe Casão, 53 anos, e o jogador Marcelo Rizzoto, 40 anos, foram aclamados presidente e vice-presidente, respectivamente. O mandato da nova diretoria é válido pelos próximos quatro anos.

– Muito gratidão, muita mesmo, por poder está aqui representando tanto nosso Acre, como a região Norte e todo Brasil em nome das mulheres que praticam handebol e são desportista. Pra mim será um desafio novo – disse em entrevista ao ge.

De acordo com a Maria Rosaídes, o primeiro passo dessa nova gestão da CBHb será ‘arrumar a casa’, se inteirando de todos processos e dívidas.

Na antiga gestão, Jefferson Oliveira era o presidente em exercício. O ex-presidente Manoel Luiz Oliveira e o ex-vice Ricardo Souza foram afastados por causa de uma série de polêmicas.

Maria Rosaídes, a Bolha, ex-presidente da Fach — Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre

Com a renúncia de Maria Rosaídes, o vice-presidente da Fach, Maurício Generoso, assume o cargo principal da entidade acreana provisoriamente. Até a próxima sexta-feira (5), a Fach lança o edital de convocação para as eleições.

As atividades do handebol acreano estão paralisadas desde o início do ano passado. Com as restrições impostas para conter a pandemia do novo coronavírus no Acre, os campeonatos da modalidade não podem ser promovidos.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up