Rio Branco, Acre,


Em um mês no AC, mais de 6 mil tetaram positivo para covid-19 e 71 pessoas morreram

O último dia do mês (31) teve como fato a superlotação dos leitos clínicos nos hospitais de campanha

Diferente do que estava na expectativa dos acreanos, o ano de 2021 não iniciou com a extinção do coronavírus ou a redução do prejuízo causado por ele. Pelo contrário, janeiro registrou mais de 6 mil infectados em todo o Acre.

Além disso, 71 óbitos pela doença também marcaram o primeiro mês do ano de 2020, de acordo com os registros do boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde.

O dia 7 de janeiro foi o pico do índice de mortes no Estado, quando sete notificações de óbitos foram registrados em 24 horas. Entre as vítimas fatais, estava um rapaz de apenas 26 anos, morador de Acrelândia.

O último dia do mês (31) teve como fato a superlotação dos leitos clínicos nos hospitais de campanha para tratamento da doença, quando todos do Estado chegaram a 90% de ocupação.

Esperança

A boa notícia neste cenário foi a chegada da vacina ao Acre e a distribuição dos imunizantes para a capital e demais municípios. Desde lá, mais de 5 mil pessoas já foram vacinadas, a saber, profissionais da Saúde, idosos de abrigos e acamados.

Muitas pessoas também ficaram curadas – número que também foi destaque nos boletins. Em 31 dias, 6.771 pacientes receberam alta médica.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up