Rio Branco, Acre,


Esposa de coronel Ulysses é acusada de furar fila da vacina contra covid: “Sou da linha de frente”

Em defesa, ela disse que todos os funcionários do local foram vacinados, inclusive os estagiários

A esposa do Coronel Ulysses Araújo, Dayanna Menezes, foi acusada de furar a fila da vacina contra a covid-19 nesta segunda-feira (8), em Rio Branco.

Aluna do curso de Psicologia da U:VERSE (antiga FAAO), ela atua como estagiária, sem remuneração, na Policlínica da Polícia Militar. O exercício seria resultado de um convênio feito entre a instituição de ensino e o centro de atendimento em saúde.

DAY 02

Dayanna foi procurada por nossa reportagem, por meio de ligação, mas o número pessoal constava na caixa postal.

Para o site Notícias da Hora, ela disse que todos os funcionários do local foram vacinados, inclusive os estagiários – grupo que ela faz parte.

“O próprio pessoal da vacinação incluiu os estagiários, por entender que estamos lidando diretamente com o público que chega na clínica. Portanto, linha de frente na saúde”, explicou.

Dayanna compartilhou a sua imagem tomando a vacina no seu perfil do Instagram.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up