Rio Branco, Acre,


Haitianos fazem protesto tenso em fronteira do AC com o Peru

Os imigrantes querem voltar ao Haiti, mas não têm autorização para passarem pela fronteira

A manhã deste domingo (14) está sendo considerada tensa na fronteira do Brasil com o Peru. Centenas de imigrantes, na maioria haitianos, resolveram ameaçar entrar no Peru de qualquer jeito, caso as autoridades não os deixem passa.

Esse imigrantes já estão se ‘amontoando’ na pequena cidade de Assis Brasil há mais de um ano, desde que as fronteiras foram fechadas, por conta do aumento da pandemia causada pelo novo coronavírus.

Muitos desses imigrantes moravam no Brasil desde 2010. Com a falta de trabalho causada pela pandemia, muitos optaram por retornar para sua terra natal, fazendo o mesmo trajeto feito nos anos de 2010 e 2011, após o terremoto que praticamente devastou o Haiti, que deixou mais 1,5 milhões de desempregados e 200 mil mortos.

Segundo foi passado ao jornal O Alto Acre, o levante seria um motivo para pressionar as autoridades do Brasil e Peru, para que os deixem passar rumo ao país de origem.

Pode ser uma imagem de uma ou mais pessoas, pessoas em pé e ao ar livre

A tensão é grande entre o grupo e os militares do Peru que não têm autorização para deixar entrar pela pequena cidade peruana de Iñapari. A ponte que liga os dois países foi tomada pelos imigrantes que estariam dispostos a passar a qualquer momento.

Uma das reclamações seria pelo fato de que as autoridades não permitem a entrada para o Peru, mas permitem a saída, além da circulação de militares na cidade de Assis Brasil.

Mais informações a qualquer momento.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up