23 C
Rio Branco
21 abril, 2021 8:22 am

História acreana: artista plástico Natlino Soares colore muro no Tancredo Neves

POR BETH PASSOS, PARA CONTILNET

E-mail: [email protected]
Instagram: @beth_news_
Facebook: Beth News

Atitude é tudo, Michelle Oliveira não exerce cargo político, nunca concorreu a eleições, tem poucos recursos financeiros, mas através de suas redes sociais tem mobilizado a população a fazer doações aos menos favorecidos e necessitados.

Ela pede de tudo, desde cestas básicas, colchões, cadeiras de rodas, brinquedos, alimentos, madeira, e a façanha de construir uma casa para uma família que teve sua casa consumida por um incêndio.

Que mulher maravilhosa e inspiradora!

Amanda Souza com os pais ,Elano e Marilda, curtindo a chegada dos seus 17 aninhos na chácara da família sem convidados ou aglomeração.

A região Norte conhece bem o tempero da chef Regina Pluma e o maravilhoso “Peixe Lua Nova”, preparado ao queijo, mel e ameixa. Está realizando entregas a domicílio através do telefone e WhatsApp (68) 99989-0660.

Absolutamente lindo o mural colorido contando, através da arte da pintura, boa parte da história acreana feito pelo artista plástico visual Natalino Santos na Escola Municipal Ismael Gomes de Carvalho, no bairro Tancredo Neves.

A cantora e empresária Anitta, de 27 anos, foi eleita pela revista TIME como uma das 100 personalidades líderes emergentes do planeta e que estão definindo o futuro. Entre outras celebridades eleitas na lista estão Dua Lipa, Hunter Schafer, Ana de Armas, Chloe X Halle, Charli D Amelio, Olivia Rodrigo e Doja Cat.

E mesmo com o título de uma das “100 líderes emergentes globais” tatuou o “COOL” e ainda transmitiu o momento só para assinantes. Enfim, o fiofó é dela. Ela que lute!!!’

Anitta também está se dedicando ao seu próprio reality show. A ideia do programa surgiu quando a cantora brincou que criaria uma versão do “BBB 21” com os eliminados da edição. Apesar de não ter conseguido confinar os participantes, a cantora convidou nove famosos para participarem da brincadeira que envolve desafios e provas.

O charme moreno de Fátima Enoque para abrandar.

Bizarro o pós-carnaval no Brasil que chegou ao seu limite. 12 estados e 17 capitais estão à beira do colapso de seus sistemas de Saúde, tanto públicos quanto privados. Quase não há leitos para tratar as vítimas da covid-19.

A situação é crítica em Porto Velho (100,0%), Rio Branco (88,7%), Manaus (94,6%), Boa Vista (82,2%), Palmas (80,2%), São Luís (88,1%), Teresina (93,0%), Fortaleza (94,4%), Natal (89,0%), Recife (80,0%), Salvador (82,5%), Rio de Janeiro (85,0%), Curitiba (90,0%), Florianópolis (96,2%), Porto Alegre (84,0%), Campo Grande (85,5%) e Goiânia (94,4%). Além disso, 12 Estados e o Distrito Federal se encontram em “zona de alerta crítica”. Os dados foram levantados Observatório Covid-19, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Mais de 250 mil brasileiros já perderam suas vidas para a covid-19, 50 mil só nos últimos 48 dias. Para conter a covid-19 é preciso vacinar a população. Precisamos diminuir a procura por leitos tanto de UTI quanto de enfermaria. Em paralelo, o Ministério da Saúde precisa criar novos leitos para garantir o acesso à Saúde. Além disso, reforças as medidas preventivas como o uso de máscara e distanciamento social. O presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello se abstêm de suas responsabilidades. Prometem vacinas, mas não fecham contratos efetivamente.

Apesar do acordo firmado nesta semana com as Secretarias de Saúde para o aporte de R$ 500 milhões destinados ao pagamento de leitos, o Ministério da Saúde, em 2021, cortou a verba de financiamento de leitos de UTI para atendimento de pacientes com covid-19, em meio ao agravamento da segunda onda de contaminações, e a descoberta da nova cepa, ainda mais contagiosa, a de Manaus, que já está se espalhando pelo país. A decisão do STF autorizando Estados e municípios a importarem vacinas aprovadas pela Anvisa e por outras agências reguladoras do mundo, caso o governo federal não haja com celeridade, tranquilizou, mas as ações continuam inacreditavelmente lentas.

A pandemia atingiu seu momento mais crítico e está totalmente fora de controle. E tão sombrio quanto a morte e o luto, são o silêncio ensurdecedor dos políticos eleitos por nós, com a terrível tragédia humanitária que o país está vivendo.

Terezinha Messias curtindo muito a culinária nordestina em suas férias sem aglomeração. Ela garantiu à coluna.

Inspirada pela atriz Glória Pires, Cecilia Passos assumiu os cabelos brancos de vez. Ela disse que jamais sentiu tamanha liberdade.

A edição “Mulheres de Sucesso” da revista Forbes Brasil, que estará nas bancas dia 3, tem sua capa a beleza da jovem filósofa brasileira Djamila Ribeiro. Ela também estrela a coleção ‘Mulheres que amamos’, para a marca de cosméticos e maquiagem Quem Disse, Berenice, ao lado de Mackenzie e Gabriela Prioli.

Francisco e Neyla Domingos corujando o filhote Bernardo em book de seu primeiro aninho.

Criatividade e estilo as mulheres têm de sobra, e com uma peça tão básica, feminina, colorida, útil e descontraída, com cabelos soltos ou ajudando a mantê-los presos, são tão úteis quanto charmosos; tão femininos quanto despojados e casuais, que trazem estilo jovial e fazem de qualquer look, uma brincadeira colorida, que será o diferencial em qualquer que seja sua escolha. Transformado em grande saída descompromissada, em dias quentes, em momentos informais e divertidos: na praia, piscina, escola, lazer e até no trabalho.

On line

*Pessoas da minha bolha devo confessar que tenho medo de aglomerar e o preço dos combustíveis não estão permitindo muitas locomoções, por esse motivo não deu para compreender a quantidade de carros seguindo o presidente Jair Bolsonaro em sua visita a Rio Branco. Haviam muitos carros ditos “populares” com motoristas e passageiros ensandecidos gritando “mito” debaixo de chuva.

*A vitória dramática do Flamengo pelo título brasileiro levou verdadeira multidão de torcedores do time ao centro de Rio Branco, indevidamente, sem máscaras de proteção e literalmente aglomerando enfrente o palácio sem dar a mínima para o toque de recolher determinado pelo governo do Estado. Muita irresponsabilidade consigo e com o próximo, que fala?!

*Vergonha alheia o desrespeito do presidente com a imprensa, e na capital acreana, não foi diferente. Realmente não é compreensível a postura de um estadista eleito democraticamente afrontar e desrespeitar um trabalhador da imprensa.

*A Ordem dos Advogados Conservadores do Brasil soltou um comunicado, por meio das redes sociais, em que ameaça processar “políticos, artistas, professores ou qualquer um do povo” que postarem algo ofensivo contra o presidente Jair Bolsonaro. Socorro!!!

*Chocada estou com a ministra Damares Alves, mentindo descaradamente na ONU. Disse que o governo Bolsonaro garantiu a vacinação de profissionais da saúde, idosos e povos originários, sendo que na verdade menos de 3% dos brasileiros foram vacinados até agora. Disse também que o Brasil continua firme na defesa da democracia, a liberdade e a vida a partir da concepção.

*A privatização dos correios é o novo “cobra a bagagem separado que vai baixar a tarifa”, pois na verdade significa eliminar o pequeno empreendedor. Que lógica mais estapafúrdia essa de encarecer o acesso ao consumo.

*Raquel Zayre e Júnior Passos já estão de volta a Rio Branco, após merecidas férias em Fortaleza e João Pessoa. Sábado, na Gazeta FM tem “Sem Controle”.

*O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a suspensão da Lei estadual 1.453/2021, de Roraima, que autorizava o uso de mercúrio no garimpo. A decisão foi tomada em ação direta de inconstitucionalidade ajuizada pelo Partido Rede Sustentabilidade.

*Não se preocupe se nesse momento que estamos vivendo bater um desespero. Não se importe se disserem que você está exagerando. No momento, o desespero é prova de sensatez, bom senso, coerência, de nexo, de lógica, de sabedoria. Só nos resta beber água, usar máscara, não aglomerar e acreditar em tempos melhores.

*Que Deus nos proteja. Bela semana amigos!

O poder da escolha

Um cavalo estava amarrado e tentava se soltar, e veio um demônio e soltou-o.

– O cavalo entrou nas terras de uns fazendeiros e começou a comer a plantação, o dono da fazenda pegou sua espingarda e matou o cavalo.

– Então o dono do cavalo pegou sua espingarda e matou o dono da fazenda.

– A mulher do dono da fazenda matou o dono do cavalo.

– E o filho do dono do cavalo matou a mulher.

Os vizinhos em cólera mataram o garoto e queimaram sua casa.

Então eles perguntaram ao demônio:

– Porque você fez tudo isso?

O demônio respondeu…

– Eu só soltei o cavalo!

Moral da história

O diabo faz coisas simples, porque sabe que a maldade está em nossos corações e sozinhos cuidamos de fazer o resto. Por isso, é bom pensar antes de agir.

Não esqueça que a língua tem poder, para dar VIDA e para dar morte. Para abençoar e amaldiçoar.

Você escolhe!