Rio Branco, Acre,


Imigrante é achado escondido em saco de lixo tóxico na Espanha

A pessoa foi localizada com vida "dentro de um saco hermético de plástico, que continha cinzas procedentes da incineradora, material tóxico"

Um imigrante foi encontrado com vida escondido dentro de um saco que continha lixo tóxico vindo do porto de Melilla, no litoral norte de Marrocos.

A pessoa foi encontrada na última sexta-feira (19/2), mas a notícia só foi divulgada pela Guarda Civil espanhola nessa segunda-feira (22/2).

A pessoa foi localizada “dentro de um saco hermético de plástico, que continha cinzas procedentes da incineradora, material tóxico, segundo a lista europeia de resíduos”, disse o corpo de segurança em um comunicado divulgado pela agência de notícias AFP.

Um agente “primeiro observou o que parecia ser a perna inerte de uma pessoa”, o que o levou a achar que estava morta. Porém, ao tirá-la “das cinzas, retomou a consciência e conseguiu salvar sua vida”, diz o comunicado.

A Guarda Civil encontrou 41 imigrantes escondidos em caminhões, contêineres e veículos que iam embarcar em navios no porto de Melilla, com a intenção de chegar à Espanha continental.

Quatro deles estavam dentro de um contêiner com vidros quebrados para reciclagem, “com o perigo das múltiplas arestas cortantes, em uma travessia que tem uma duração de cerca de sete horas”, afirmou a Guarda Civil.

 

Imagem: AFP PHOTO /HANDOUT/SPANISH GUARDIA CIVIL

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up