Rio Branco, Acre,


Mazinho chama Alysson de ‘lord’ e agradece Gladson Cameli por investimentos em Sena

Há poucos meses Serafim disse teve um desentendimento com Cameli na sede d Amac

O governador Gladson Cameli começou a percorrer todos os municípios do Acre nesta sexta-feira (5). Ele pernoitou em Sena Madureira e no sábado (6) e depois seguiu rumo a Xapuri e a outros municípios do Alto Acre.

“Vou dormir uma noite em cada município, me reunir com os moradores para ouvir deles o que posso fazer para melhorar a vida dos acreanos. Nos últimos meses me dediquei muito nessa questão da Covid-19, que é um vírus muito perigoso e que já afetou mais de 140 mil pessoas aqui no Estado. Vou continuar lutando pela vacina e quero não deixar faltar nada nos hospitais, que estão muito lotados, só que o Acre tem outras prioridades e preciso dar atenção a elas”, disse Cameli ao ContilNet.

Junto com Gladson estão vários secretários, entre eles, Petrônio Antunes (Deracre), Alyson Bestene (Saúde), Silvania Pinheiro (Comunicação) Ítalo Medeiros (Infraestrutura), Mauro Sérgio (Educação), entre outros.

Em Sena Madureira ele lançou um pacote de obras que irá beneficiar vários setores, inclusive o ramal e a ponte que dão acesso ao segundo distrito da cidade, a BR-364, e outros que somam mais de 60 milhões de reais.

A prefeitura de Sena Madureira recebeu cerca de dois milhões de reais para investimentos em ramais em 2018 e 2019, e conta que quase dez máquinas pesadas cedidas pelo governo de Gladson Cameli para ajudar na gestão de Mazinho Serafim.

O ‘besta’

O prefeito Mazinho Serafim é o ‘besta’. Quando o senador Sérgio Petecão está em Sena Madureira, ele se derrete todo o tratando como “meu governador”. Quando o Gladson Cameli chega à capital do Iaco, ele faz mil agradecimentos por todos os investimentos que o governo tem feito no município.

Quem não lembra

Quem não lembra que há poucos meses Serafim desceu a lenha no governador Gladson Cameli durante uma reunião da Associação dos Municípios do Acre (AMAC), dizendo que Cameli nada fazia para ajudar Sena?

Pediu desculpas

Mazinho pediu desculpas a Gladson por não ter participado de uma reunião que o governador teve na noite desta sexta-feira (5) com os empresários de Sena Madureira. Ele disse que estava na zona rural. “Quero agradecer aqui todos os investimentos que o senhor está fazendo em Sena Madureira”, disse u manso e doce Mazinho. Só faltou chamar o governador de príncipe!

Lord Alyson

Mazinho estava um doce na manhã deste sábado (6). Chamou até Alysson Bestene de lord. Em voz mansa, agradeceu a todos os secretários de Gladson Cameli dizendo que todas as vezes que procurou as secretarias do governo estadual foi bem atendido.
Todo mundo gosta dele, até o Mazinho

Alyson

Quem não gostar do Alyson Bestene, não gosta de ninguém. É um dos secretários mais esforçados do atual governo. Tem sido um grande guerreiro nessa luta contra a Covid-19, junto com o governador Gladson Cameli.

Cutucada

Mas, como natureza não se muda, Mazinho Serafim não deixou de cutucar o diretor-presidente do Deracre, Petrônio Antunesao falar sobre ramais. “Secretário Petrônio, talvez vossa excelência não conheça bem a realidade de Sena Madureira, eu ouvi um áudio do senhor dia desses, ‘na rádio’… mas Sena tem 2.740 quilômetros de ramais catalogados”, ensinou.

Pegou pesado com o Petrônio

O diretor do Deracre, Petrônio Antunes, disse há algumas semanas em uma entrevista a uma rádio de Sena Madureira, que a estrada que vai do segundo distrito da cidade até a BR-364 é de responsabilidade da prefeitura. Foi o bastante para Mazinho gravar um áudio atacando Petrônio: “Esse secretário do Deracre tem que pelo menos conhecer o Acre para poder está falando alguma coisa. Se ele não sabe da história do Acre, ele não tem que se meter”, esbravejou.

A verdade

Na verdade, aquele trecho de ramal que liga o segundo distrito a BR-364, passou a de responsabilidade do município desde a construção da rodovia federal, que seguiu por outro caminho. O ramal do segundo distrito é para a prefeitura de Sena como é as estradas Bom Sucesso e Xiburema. Petrônio está correto.

Perdeu a aposta

Mazinho disse que o governo do estado não beneficiaria o ramal de acesso ao segundo distrito de Sena. “Ele prometeu a ponte quando era deputado federal, e não vai fazer, assim como não vai fazer esse ramal. Mas a prefeitura de Sena vai fazer”, disse Serafim em um grupo.

Maquinas na pista

Só que mesmo não sendo responsabilidade do governo do Acre, o ramal do segundo distrito está sendo beneficiado pelo Deracre. Petrônio Antunes ia começar os serviços só em março, mas resolveu antecipar a pedido do governador Gladson Cameli.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up